UM BRINDE COLORIDO

Imprimir Por Administrador 28/12/2002

Um Brinde Colorido

UM BRINDE COLORIDO

O branco reina sozinho √† meia-noite: cores como o verde e o amarelo podem trazer sa√ļde e dinheiro no ano novo

Rio de Janeiro
Domingo, 29 de Dezembro de 2002.

Por Simone Miranda

N√£o √© porque a cor significa paz que todo mundo deve passar a virada do ano ‚Äúem branco‚ÄĚ. Dependendo do que voc√™ mais queira atrair em 2003, vale a pena quebrar a tradi√ß√£o e colocar mais cor no seu r√©veillon.

‚ÄĒ O amarelo, associado ao lxo e ao prest√≠gio, traz prosperidade. J√° o verde √© uma cor curativa ‚Äď diz Rodolfo correa lima, diretor do Centro de Estudos do Corpo e Terapias Hol√≠sticas (CECTH).

Nem sempre √© f√°cil decidir qual o melhor desejo para o Ano Novo. Quem n√£o quiser abrir m√£o do branco, n√£o precisa se preocupar: √© s√≥ revirar o arm√©rio e escolher uma pe√ßa de cada cor. Foi o que fez a atriz Danielle Sozuki, a Yoko do seriado ‚ÄúSandy e Junior‚ÄĚ, que, para a foto desta reportagem, combinou uma cal√ßa branca com uma blusa vermelha. Sua amiga Cintia Rosa, a Maria do mesmo seriado, optou pela amarela. J√° Erik Marmo e Edward Boggis provaram que n√£o brigam s√≥ na telinha, em que disputam o amor de Sandy: os dois queriam a camisa verde. Como no seriado, Boggis levou a melhor e ficou com a cor da sa√ļde. Nada que abalasse Erick: ogal√£ ficou com a branca. Na maior paz‚Ķ

Um Brinde ColoridoPoder das cores vai além da superstição

Povos antigos do Oriente j√° usavam a cromoterapia

A cromoterapia n√£o √© um culto nem um modismo. O emprego da cor como elemento terap√™utico j√° era usado pelas antigas civiliza√ß√Ķes do Oriente.

‚ÄĒ Assim como nossos ouvidos captam o som de uma corda conforme a freq√ľ√™ncia de sua vibra√ß√£o, nossos olhos se sensibilizam de acordo com a freq√ľ√™ncia da vibra√ß√£o da luz, criando em nosso c√©rebro a sensa√ß√£o da cor ‚Äď diz Rodolfo Correa Lima, diretor do Centro de Estudos do Corpo e Terapias Hol√≠sticas (CECTH).

A terapia direciona l√Ęmpadas coloridas para os chakras (centros energ√©ticos) das pessoas. Al√©m das roupas, Rodolfo ensina um modo de se energizar para o Ano Novo:

‚ÄĒ Inspire visualizando a cor desejada e mentalizando seus benef√≠cios.

AS CORES DE NOSSAS ROUPAS FALAM

A CROMOTERAPIA √© uma poderosa fonte de equil√≠brio energ√©tico de nosso organismo, pois pode influenciar nossos horm√īnios, a press√£o sang√ľ√≠nea e a temperatura do nosso corpo, e tamb√©m de quem nos olha; pode deprimir ou estimular, repelir ou atrair. Al√©m do que, revela se somos extrovertidos ou introvertidos.

Segundo pesquisas norte-americanas, as preferências pelas cores têm relação direta com a economia e o humor nacional. Prova disso foram os duros anos da Depressão, quando entre os americanos lideraram o preto e o marrom, seguido de tons escuros como vinho, cinza e uva. Nos anos 20, à medida que crescia a liberdade feminina, as mulheres usavam o batom vermelho forte para expressar a sexualidade recém-liberada.

Uma boa referência para lembrarmos sobre a roupa e seu papel na história da humanidade, foi no relato da queda do Paraíso. Quando o pecado de Adão e Eva foi descoberto, eles tiveram vergonha e esconderam sua nudez atrás de folhas de parreira...
À parte toda simbologia própria desse fato, isso não deixa de mostrar como se vestir pode ter muitos significados. Precisamos aprender a fazer um bom uso da moda, vestindo aquilo que nos cai bem e está de acordo com o nosso gosto. Esse será o nosso estilo particular, capaz de revelar, através das cores, dos detalhes e das formas, quem somos de fato.

O corpo √© a tela sobre o qual colocamos tecidos e cores para criar uma imagem agrad√°vel, que ser√° o nosso estilo, capaz de expressar diversos √Ęngulos da nossa personalidade e de refletir externamente tanto os desejos como conflitos internos.
A roupa das pessoas sempre representou a separação da sociedade em classes sociais, carregando todo o significado do papel que o indivíduo representa dentro de sua cultura. A roupa elegante está associada às classes mais abastadas e educadas, enquanto a mais simples fala de pessoas menos educadas e ricas.

Ao real√ßar dotes f√≠sicos e atenuar √°reas problem√°ticas do corpo, a roupa pode nos dar um sentido de prote√ß√£o n√£o s√≥ f√≠sica, como emocional. As propor√ß√Ķes f√≠sicas, textura dos tecidos, cor e tipo de roupa afeta a rea√ß√£o dos outros sobre n√≥s. Conhecer essa linguagem significa, portanto, emitir sinais precisos a respeito do que se deseja comunicar.

Por exemplo

O VERMELHO na vestimenta denota poder e coragem, enquanto o ROSA √© uma cor rom√Ęntica, que estimula a criatividade e simboliza a intui√ß√£o;

O PRETO exerce atra√ß√£o e antigamente s√≥ era usado por mulheres sexualmente experientes. Por outro lado, pode ser tamb√©m usado para demonstrar seriedade, tal como nas roupas de autoridades civis ou eclesi√°sticas. No s√©culo 16, Anne da Bretanha fez uso do preto no luto pela primeira vez. Essa cor est√° associada √† morte, ao medo, ao mist√©rio, ao mal, √† rebeli√£o. James Dean e Marlon Brando deixaram suas marcas de rebeldia atrav√©s do uso dos jaquet√Ķes de couro preto;

O BRANCO se contrap√Ķe ao preto nos fornecendo uma imagem de pureza, de inoc√™ncia. Simboliza a entrega da noiva imaculada a seu futuro esposo no altar; representa a pureza ao vestir os anjos pintados em gravuras... √Č a cor do altru√≠smo, representando tamb√©m a limpeza. Retrata enfermeiros, m√©dicos e terapeutas, que traduzem a imagem de confiabilidade;

O AZUL significa civilidade, dignidade e respeito. Na presen√ßa dessa cor, o c√©rebro produz 11 horm√īnios tranq√ľilizadores. O seu uso, portanto, coloca as pessoas √† vontade. Essa cor acalma e relaxa;

O AMARELO est√° associado √† ansiedade, pois ele √© estimulante, desencadeando uma descarga de adrenalina. Mas, por ser a cor do Sol, √© tamb√©m reconfortante. Representa o intelecto, que propicia luz e consci√™ncia. √Č a cor do ouro e, por isso, √© tamb√©m associado ao luxo e ao prest√≠gio, traz prosperidade;

O VERDE é a cor mais relaxante de todas para os olhos; é curativa. Representa as plantas, o crescimento e a fertilidade;

O MARROM nos fala da terra. Na Idade Média, era a cor usada pelos camponeses, sendo associado à humildade;

O CINZA, ligado ao c√©rebro, √† experi√™ncia que vem com os cabelos grisalhos, acaba sendo a cor preferida por artistas, intelectuais e fil√≥sofos. √Č a cor do refinamento, da classe, da efici√™ncia.

ALGUMAS DICAS DE COMO USAR A CROMOTERAPIA NO SEU DIA-A-DIA

‚ÄĒ √ĀGUA SOLARIZADA ‚Äď Colocamos em uma garrafa de vidro branco √°gua filtrada. Envolvemos a garrafa com papel celofane da cor que desejamos tratar o desequil√≠brio energ√©tico da pessoa. (geralmente usamos a cor verde, pois √© uma cor anti-s√©ptica e antibactericida). Deixamos a garrafa exposta ao sol da manh√£ (de 7 √†s 9 h), para ser solarizada. Deve-se tomar esta √°gua em pequenas doses di√°rias (aos goles ou em colheradas). √Č indicado para crian√ßas muito agitadas, idosos que sofrem de artrite e artrose, problema estomacal, etc;

‚ÄĒ √ďLEO SOLARIZADO ‚Äď Parte-se do mesmo princ√≠pio. Usamos √≥leos de origem vegetal, como am√™ndoas, sementes de uva, c√īco, etc; √Č muito usado em massagens para dores articulares, torcicolo, dores lombares, pernas cansadas, c√≥licas menstruais e abdominais, etc;

‚ÄĒ L√āMPADA TERAP√äUTICA ‚Äď S√£o usadas em abajours no quarto para que a pessoa tenha um sono mais tranq√ľilo durante a noite. Quando se quer dormir a noite toda, usamos a cor azul, que tem o poder de acalmar e relaxar. Quando se quer namorar, usamos a l√Ęmpada vermelha, que tem o poder de estimular os horm√īnios sexuais.

‚ÄĒ A RESPIRA√á√ÉO PELA COR ‚Äď consiste em inspirar visualizando a cor, projetando-a para dentro do corpo e mentalizando seus benef√≠cios;

‚ÄĒ CORTINAS COLORIDAS ‚Äď Orientamos que sejam usadas cortinas nos ambientes que desejamos trabalhar. A cor azul nos quartos √© boa, pois acalma; verde nos banheiros √© bom, pois √© anti-s√©ptico; laranja na sala de jantar √© √≥timo, pois o laranja estimula o apetite; amarelo nas salas de aula auxilia muito, pois estimula as gl√Ęndulas da memoriza√ß√£o, principalmente das crian√ßas;

‚ÄĒ FLANELA COR LARANJA ‚Äď Orientamos os jovens em fase de pr√©-vestibular, a colocarem seus livros sobre uma flanela de cor laranja (ou mesmo uma toalha de mesa da mesma cor) durante a leitura. Isso favorece a memoriza√ß√£o, pois a luminosidade da luz branca da l√Ęmpada que ilumina a sala de aula, refletir√° a cor laranja da toalha e estimular√°, atrav√©s dos olhos do jovem, as gl√Ęndulas respons√°veis pela memoriza√ß√£o.